Autenticação

Faça o Login com os dados usados no forum.



(para ficar registado no portal, terá de se registar no forum da APO)

Desenhos da Carla

Procurar neste site - também no Google - coloque apovni + palavra a procurar

Vaga de ovnis em 29 julho 2017, às 01,32 horas PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 0
FracoBom 
artigos da APO - Casos Portugueses
Escrito por Luís Aparício   
Domingo, 29 Julho 2018 09:22
Na nossa ultima palestra falamos com um nosso colaborador e este relatou-nos aquilo que um seu amigo lhe disse quando estava a sair do trabalho da Autoeuropa, na margem sul do rio Tejo no dia 29 julho 2017 pelas 01,32 horas.
A testemunha é de origem brasileira e tem muitos conhecimentos de astronomia. Verificou que havia no céu um aglomerado de luzes com o feitio de uma banana. As luzes piscavam pareciam pequenos discos que iam rodando por si próprios, mas também no agrupamento todo.
Alguns dos discos brilhavam mais ou brilhavam menos conforme o sol lhes incidia em altitude.
Eram centenas de luzes que se deslocavam no céu até que alteraram  a sua forma para uma meia lua.
Aquela meia lua foi-se desvanecendo lentamente. Desde que foi visto até desaparecer durou cerca de cinco minutos.
Aquelas centenas de luzes deslocavam-se a uma altitude muito elevada.

O mesmo avistamento em Lisboa

Outra pessoa, que não quis identificar-se, sabemos só que é engenheiro químico, disse-nos que estava em Lisboa e viu passar por cima do estuário do rio Tejo um aglomerado enorme de luzes.
Estava a testar um detetor de ovnis e diz que houve interferências radio elétricas. Diz ser um aparelho de «interferência geo-magnética». Quando os ovnis passaram fizeram uma interferência no espetro do aparelho, esse aparelho estava exteriorizar a informação processada para um computador e foi possível ver o efeito em gráficos da passagem dessa massa de ovnis.
Este engenheiro diz que não eram aviões, reafirma que teriam que ser aparelhos com massa magnética elevada. Estavam com este engenheiro mais três pessoas da sua família que também assistiram a esta passagem do aglomerado de luzes.
Este engenheiro relata que conseguiram contar as luzes que seriam 80 e 83 luzes. Havia umas luzes que circulavam uma à volta da outra. Parecia ser um objeto coordenado, o objeto parecia estar baixo, se referir a altitude.

Ovni passeia-se durante um ano em Portugal

Esse cidadão brasileiro acima referido, diz também que houve um objeto que andou entre o Barreiro e a Serra da Arrábida sempre cerca da meia noite durante todo o ano de 2014. À primeira vista poderia parecer um avião, mas porque fazia manobras muito anormais, dava para perceber que tinha de ser algo fora dos nossos domínios tecnológicos. Entre as muitas vezes que viu menciona o dia 19 dezembro 2014.
Luís Aparício
atualizado em Domingo, 29 Julho 2018 11:26
 
VALID CSS
  |   VALID XHTML