Luz perto de Chapecó - Brasil PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 0
FracoBom 
artigos da APO - Avistamentos
Escrito por Luís Aparício   
Quinta, 23 Novembro 2006 20:03
Sidney C. Vasconcelos, morador na R. Rio de Janeiro nº … -cep 89802230-centro-Chapecó, Santa Catarina-Brasil. Tecnico em Agropecuaria. Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar . Durante um acampamento de final de semana realizado a uns 60km de Chapecó, cheguei a dizer para minha esposa (Any Mery Dariva) que naqueles dias (durante a festividade no acampamento) veríamos alguns ovnis.

No entanto, no termino das festividades, no dia seguinte 09/10/06 estávamos (eu e minha esposa) retornando ao lugar onde estivemos acampados para buscar uma ferramenta do meu sogro que estivera acampado connosco, estava anoitecendo, quando ainda na estrada avistamos uma estrela que se movia em direção poente/nacente.

Tinha brilho próprio e intenso, mudando de branco para azul ou laranja em alguns momentos, tendo diâmetro superior a qualquer estrela (uns 8 ou 9cm) e mantendo altura e velocidade constante, neste momento parei a motocicleta para observar melhor, e constatei não ser um avião pela falta de luzes de sinalização e velocidade superior aos aviões que avistei nos 17 anos que morei perto do aeroporto internacional do Recife.

Também não era meteorito pois cruzou toda abóbada celeste sem deixar rastro de queima e em velocidade inferior aos meteoritos.

Brilhava mais que satélites artificiais de brilho opaco, porém, sendo mais veloz. Após o objeto ter sumido na escuridão da noite que se aproximava, continuamos nosso trajeto até o referido local para buscar a ferramenta.

Ainda surpresos com o avistamento, comentávamos sobre o ocorrido, quando olhei para o céu já escuro, e avistamos oito destas luzes, porém menores, o que dava a impressão de estarem mais distantes, percorrendo o céu em varias direções, dois deles cruzaram-se um próximo ao outro e em direções opostas até sumirem, após uns seis minutos.

Não era possivél dizer que tipo de material eram, pois apenas brilhavam de forma intensa. No mês seguinte (06/11) quando estava na casa dos pais de minha esposa que fica próximo do local do primeiro avistamento (cidade de Quilombo, Santa Catarina).

Ao anoitecer quando retirava roupas do veral, avistei a mesma estrela de brilho intenso e veloz que seguia do poente para o nascente, aos gritos chamei minha esposa para presenciar outra vez, pelo alarde que fiz não só ela veio como seus pais que presenciaram também, neste instante o senhor Celso Dariva (pai) disse-me que durante suas pescarias noturnas distraia-se com seus amigos tentando ver satélites e que aquele objeto visto no momento era mais brilhante que os avistados por ele.

No dia seguinte já em minha residência em Chapecó (07/11) ao anoitecer (me parece que sempre no mesmo horário), tive vontade de olhar pela janela do prédio para observar a cidade, pois moro no 8º andar, e para minha surpresa avistei novamente aquele objeto, porém desta vez parecia-me estar indo na direção norte-Sul (ou paralelo ao poente), com o mesmo brilho, altura e velocidade, vindo a sumir na escuridão após uns sete ou nove minutos como nos outros dias. Nesta ocasião tive por testemunha outra vez minha esposa, e uma amiga dela que estava em casa conosco.

Minha intenção com este relato é descobrir se alguém mais observou o mesmo durante estes dias e se realmente eram ovnis, apesar de nunca ter avistado algo semelhante nos céus, desde minha infância gostaria de ponderar outras alternativas.

Grato pela atenção.

atualizado em Terça, 12 Abril 2011 19:08
 
VALID CSS
  |   VALID XHTML