Bola anormal em Odivelas PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 0
FracoBom 
artigos da APO - Casos Portugueses
Escrito por Luís Aparício   
Quinta, 15 Novembro 2007 21:29
A questão das bolas inteligentes continua a ser algo sem explicação. A sua acção deslocou-se do Alentejo até aos arredores de Lisboa. Mas será que estamos perante essas bolas inteligentes que seguem as pessoas, como se fossem os seus protectores, ou estaremos perante a passagem de algo engenho voador com seres inteligentes a comandá-lo. Perto de Lisboa, no caminho para Odivelas foi visto algo sem explicação, uma bola atravessou o céu a baixa altitude.

Maria Lucinda de Almeida, trabalha num centro de processamento de dados, muitas vezes trabalha por turnos, daí sair do emprego em Oeiras sempre muito tarde, eis o relato daquilo que a deixou sem explicação:

Gostaria de descrever uma situação e ao mesmo tempo através do relato que vou escrever, pedir a vossa opinião, se o que vi poderia de facto ser um ovni, porque não faço a mínima ideia se o objecto que vi se pode assemelhar a algo já avistado.

No dia 01-Agosto-2007, ao regressar do meu local de trabalho em Lisboa, e descendo pela estrada da Pontinha em direcção à Escola Agrária da Paiã, por volta das 01:45 horas (nocturnas), quando ia a meia encosta, tendo já passado os portões da referida escola, reparo numa bola de luz luminosa que atravessava o céu mesmo por cima dos estábulos dos cavalos das instalações de equitação.
Primeiro pensei que era uma estrela candente, mas devido à proximidade a que estava do solo, se assim fosse, penso eu, teria caído algo incandescente, provavelmente sobre a zona dos estábulos. Enfim é uma ideia minha, já que não percebo também nada do fenómeno estrelas candentes.


Ao ver o referido corpo celeste, pensei " olha que bom, uma estrela candente, vou pedir um desejo", enfim, aquele pensamento que vem algures da fantasia da nossa infância. Mas ao continuar a aperceber o objecto, reparei que de repente, do lado posterior à trajectória do mesmo, pareceu subitamente que se tinha iniciado um género de explosão, tipo rasto de foguetão, uma luz intensa amarela, avermelhada e azulada, como algo em combustão súbita, que acelerou o objecto, que a esta altura voava mesmo por cima do tecto dos já mencionados estábulos.
E depois subitamente, desapareceu, como se nada tivesse estado ali naquela trajectória. Diminui cada vez mais a velocidade do meu carro para olhar bem a ver se algo tinha caído ou se conseguia ainda ver mais algum rasto no contra-fundo do céu, mas assim como ali apareceu, assim desapareceu em questão de segundos, vindo do nada e indo para o nada.





Qual é a vossa opinião, sobre isto? A referida bola de luz branca intensamente luminosa, não era muito grande, talvez tivesse o diâmetro de uma bola de futebol. Pelo menos, foi o que me pareceu àquela distância e eu estaria talvez a 500 m dos edifícios, mas aquilo surgiu aí a uns 2 a 3 metros de distância do telhado dos mesmos.

Enfim, dado o adiantado da hora, o facto de nesta zona haver pouca luz, quase nenhum movimento de viaturas, e nem uma pessoa por perto, não creio que pudesse ter sido fogo de artifício ou algo do género. Fiquei bastante curiosa e intrigada. É a primeira vez que vejo algo assim, e já tenho 54 anos e já viajei muito por vários países, desde África até ao norte da Europa.

Poderá de facto não ser nada de relevante, mas achei que talvez fosse uma informação valiosa para vós. Obrigada pela atenção dispensada, e espero que me possam dizer, se esta ocorrência poderá de facto ser reveladora no sentido de um caso de ovni.

Os meus melhores cumprimentos.
Maria Lucinda de Almeida
Email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar
Telefone: 963712XXX


atualizado em Terça, 19 Abril 2011 05:50
 
VALID CSS
  |   VALID XHTML