ASTRONOMOS AMADORES PORTUGUESES TAMBEM VEÊM OVNIS! PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 53
FracoBom 
artigos da APO - Antiguidade
Escrito por Luis Beja   
Domingo, 28 Fevereiro 2010 22:01

Na história da astronomia, encontramos inúmeros relatos de avistamentos feitos por astrónomos. Desde Edmund Halley, descobridor do cometa Halley em 1682, até aos nossos dias com astronomos como o astronomo governamental francês Jacques Vallee, que tiveram inumeros avistamentos.

O caso do Astrónomo Edmund Halley, é muito curioso, porque ele fala de 2 encontros envolvendo aparelhos não identificados.
A sua primeira experiência, foi em Março de 1676, quando ele viu o que ele descreve como: "Vasto corpo aparentemente maior que a lua." Ele estimou o dito corpo a 60 mil metros acima dele. Ele tambem afirmou que aquilo fazia um ruido, descrevendo: "como o chocalhar de uma grande carroça sobre pedras." Depois de estimar a distância que aquilo percorreu durante uns minutos, ele chegou á conclusão que se movia a uma velocidade superior a 9,600 m.p.h., aproximadamente 15 mil kms por hora.


Aqui em Portugal, em Dezembro de 2009 lancei a questão dos avistamentos ovni na APAA.

Achei interessante alguns relatos, testemunhos e opiniões de alguns astronomos amadores portugueses, pelo conhecimento cientifico e racional, e igualmente pela credibilidade de quem estuda o céu e está habituado a olhar para este com um maior conhecimento das estrelas, planetas, satelites, aviões e outras aeronaves de origem terrestre, etc..., que o comum observador.

Acho que quase ninguem melhor que o astronomo, para poder classificar o verdadeiro sentido da palavra: "OVNI" . Pois o astronomo detém um conhecimento do céu, que despista facilmente fenomenos ditos estranhos" para a maioria da população.

Aqui abaixo deixo sete relatos, testemunhos, e opiniões de astrónomos amadores portugueses:

"Este é um tema sempre controverso...


Eu felizmente tive a sorte de presenciar ao vivo e a cores um fenómeno Ovni genuíno, aliás foi graças a ele que começei a andar de nariz no céu. Isto passou-se na Costa da Caparica tinha eu cerca de 8 (em 1982/83) anos numa quente noite de verão, tinha-mos ido num jantar familiar ao conhecido "Barbas", á saída do restaurante a minha irmã mais velha gritou "olhem uma estrela cadente"!!
Mas esta "estrela" que vinha do lado da arriba da costa era incrivelmente brilhante e vinha muito devagar, de salientar que nesta
noite estavam várias dezenas de pessoas a passear no paredão da costa à beira-mar e todas presenciaram a coisa, esta "bola de luz" não emitia qualquer som e vinha a baixa altitude, não era possível ver o formato ao certo pois o espectáculo de luz era tal que ofuscava, emitia luzes de várias cores com um brilho imenso, após passar lentamente à frente de todos o objecto disparou a uma velocidade vertiginosa acompanhando em curva toda a baía de Cascais e arredores até desaparecer no espaço.


Claro que toda a gente ficou a olhar uns para os outros com cara de "parvos" e sem perceber muito bem o que se passou...eu fiquei
completamente "borrado" com aquilo, com 8 anos pudera...quando chegámos a casa estava a passar no noticiário "notícia de última hora, um Ovni foi avistado na linha de costa de Lisboa e foi detectado nos radares do aeroporto de Lisboa".
Nessa noite esgueirei-me para a cama dos meus pais pois não conseguia dormir com medo...
Tudo isto culminou na minha paixão pelo desconhecido e mais propriamente pela astronomia que para mim é como uma coisa espiritual

Neste assunto que é ver para crer meus amigos EU VI! Logo acredito, aliás tenho a certeza de que não estamos sós.
Um abraço para todos e continuem a admirar os céus em todas as suas vertentes,"

LC" (Dez 04, 2009)

------------------------------------------

"eu também acredito que existe vida noutros planetas, e vida inteligente (o que quer que isso queira dizer) algures noutros
planetas. A palavra chave aqui é **acredito**. Apesar de existirem várias indicações de que a vida pode ter-se desenvolvido noutros lugares no Universo, a demonstração desse facto carece da identificação de pelo menos um exemplo para além da Terra. Até agora, infelizmente ainda não temos nenhum. A minha crença, apesar de baseada em evidência científica, não passa disso.

Por outro lado, é importante perceber que OVNI quer dizer "Objecto Voador Não Identificado" e não, como algumas pessoas interpretam
OVNITA -- "Objecto Voador Não Identificado Tripulado por Alienígenas" Também já vi imensos OVNIs, inclusivé acho que esse mesmo que referes Luís, que foi visto um pouco por todo o país. Se não me engano foi em Julho ou Agosto, estava de férias na aldeia. Ainda não vi nenhuma prova minimamente conclusiva de que algum desses OVNIs (ou outros vistos por outras pessoas) fossem mais do que engenhos de origem humana ou fenómenos naturais (alguns deles ainda pouco compreendidos).
No entanto, há muita gente pronta para considerar as explicações mais fabulosas para estes fenómenos e há que ter muito cuidado em não confundir um assunto que pode ser bastante interessante por revelar fenómenos pouco conhecidos da Ciência com uma série de balelas inventadas pelos teóricos da conspiração.

LL" (Dez 04, 2009)

--------------------------------------------------------------------------------

"Eu sempre fui um crente porque como várias pessoas aqui,já vi fenomenos que não são explicaveis.Não só acredito mas sei o que
vi.Temos é que ter cuidado para não nos deixarmos levar por fantasias e teorias da conspiração e ter os pés assentes na terra.Todo o cuidado é pouco e neste caso devemos ser pragmaticos em relação ao assunto.Cinjirmo-nos aos factos e fazer uma analise desapaixonada do que observamos.

Ah" (Dez 04, 2009)

--------------------------------------------------------------------------------

"Sem dúvida, para a grande maioria destes fenómenos há uma explicação científica, se procurarmos filmagens ou fotos de Ovnis podemos constatar que a maioria são pontos luminosos desfocados, pássaros, balões, etc...enfim nada de conclusivo, mas há um ou outro que nos deixam a coçar a cabeça Hoje em dia com a experiência e sabedoria que já vou tendo em matérias astronómicas mesmo assim não consigo encaixar aquilo que vi comqualquer tipo de explicação científica e acredita que pesquisei muito
sobre o tema, este avistamente encaixa naqueles infimos 0,01 % que nos deixam a coçar a cabeça

LC" (Dez 04, 2009)

--------------------------------------------------------------------------------

"Neste assunto (como em todos os outros), é fundamental pôr de lado o «acredito que...» e usar a massa cinzenta.

Os adeptos da Ovnilogia esquecem-se do fundamental: que os OVNIS em que acreditam e com as capacidades de manobra que relatam, a existirem de facto, só podem ter sido construídos e enviados por seres com uma inteligência e tecnologia muito superior à nossa. Então, se pusermos a massa cinzenta a funcionar, tornar-se-á evidente que se de facto uma civilização alenígena com capacidade para enviar essas naves espaciais tripuladas (ou não) estivesse interessada em dar-se a conhecer, fá-lo-ia sem ambiguidades e sem margem para dúvidas. Se pelo contrário estivesse interessada em manter-se incógnita, fá-lo-ia também sem grandes problemas. Sugerir o contrário é um insulto à inteligência.

RC" (Dez 04, 2009)

--------------------------------------------------------------------------------

"Neste assunto que é ver para crer meus amigos, EU VI!

O que eu penso ser curioso nestes fenómenos, é que há uma série de gente que rotula logo as descrições de avistamentos de fenómenos inexplicáveis no céu. Para o bem e para o mal.

Há os aviões, há os satélites, há o lixo espacial, a velocidade da luz é o limite... Logo, só pode ser algo cientificamente muito bem
explicado, esquecendo que o conhecimento científico é um contínuo sem fim e o que hoje não tem explicação, amanhã pode ter.

O fantástico é que o pensamento actual tem o grande defeito de catalogar tudo. Tende a usar-se uma espécie de dogma, do género, "isso não é possível", criando uma fronteira e deixando de lado precisamente o método científico, a dúvida, a hipótese.

Eu infelizmente, não presenciei algo estranho no céu. Nem luzes estranhas, nem objectos com movimentos erráticos, nem variações
bruscas de velocidade de luzes no céu. Tenho muita pena de nunca ter visto nada assim e passo grande parte da minha vida, a olhar para "cima"! Quererá isto dizer que tal coisa não existe?

UM" (Dez 04, 2009)

---------------------------------------------

"Neste tipo de coisas acho que nem tudo tem que fazer sentido, o que pode fazer sentido para nós como espécie humana pode não fazer sentido para uma hipotética raça extraterrestre, por isso rotular tais avistamentos seguindo "leis" pré-concebidas e apoiadas nas tais coisas que fazem sentido para nós acho pouco justo...
Há que manter um espirito aberto e não esqueçer que as fronteiras do conhecimento estão em constante evolução, existem coisas muito para lá da nossa humilde compreensão...disso não duvidem.
Isto tudo é muito interessante, obriga-nos a puxar pela tal "massa cinzenta" não é??

LC" (Dez 04, 2009)

--------------------------------------------------------------------------------

Luis Beja

atualizado em Domingo, 28 Fevereiro 2010 22:34
 
VALID CSS
  |   VALID XHTML