Dr. Roger Leir faleceu no passado dia 14 março 2014 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 11
FracoBom 
artigos da APO - Noticias
Escrito por Luis Beja   
Sexta, 21 Março 2014 09:24

Este cirurgião é tido como um dos maiores pesquisadores de evidencias e provas físicas que envolvem contacto directo de extraterrestre com humanos em abduções.O Dr. Roger Leir realizou diversas cirurgias a alegadas pessoas abduzidas por extraterrestres, resultando na remoção de objetos suspeitos de serem implantes extraterrestres.

Esses objetos foram cientificamente investigados por alguns dos mais prestigiados laboratórios do mundo inclusive Los Alamos National Labs, New Mexico Tech, University of California em São Diego, laboratórios Southeast no Texas, e outros laboratórios fora dos EUA. Os resultados foram desconcertantes e algumas comparações foram feitas a Amostras de Meteorito. Além do mais, alguns testes mostram proporções isotópicas que não existem neste planeta.

O seu interesse pelo fenomeno ovni, veio desde que era criança, e foi aumentando com os inumeros avistamentos ovni que presenciou em pessoa, e inclusive por 2 fenomenos EQM (experiencia quase morte) por que passou. Tudo isto fortaleceu a sua vontade em perseguir a verdade por detrás do assunto ovni.

Decidido a seguir medicina, formou-se, e tornou-se num proeminente podólogo cirurgião, exercendo durante mais de 40 anos, mas sempre acompanhando a ovnilogia e seus casos lado a lado. Tornou-se consultor médico da MUFON e em outros centros de investigação. Chegou a investigar de perto casos mediáticos como o de Varginha no Brasil.

Mas foi no campo da remoção de implantes extraterrestes (pois sua constituição e proporção dos seus elementos não existem na terra) que se destacou e se tornou num acérrimo defensor desse facto como prova física da abdução. Empenhou-se a fundo, chegando a formar recentemente uma organização sem fins lucrativos("A&S Research Inc.") para tratar essa questão.

Dr. Roger Leir acompanhou, e testemunhou recentemente no Citizen Hearing On Disclosure, dando um contributo inestimavel, para o desencobrimento do fenomeno ovni e da realidade abductiva no "nosso" planeta.

A investigação e extracção de implantes como prova física da abdução, perdeu o seu maior defensor, pesquisador e divulgador.

Lamentamos sua perda.  

Luis Beja

-------------------

Muitas vezes os abduzidos descrevem procedimentos que lhe foram feitos, insistindo que ETs lhes tinham espetado algo dentro deles. Logo, esses "implantes alienígenas" tornaram-se um problema a ser resolvido na ovnilogia.

A experiência tem demonstrado que, geralmente , os implantes alienígenas são supostamente de metal. Mas alguns emitem ondas detetadas pelos nossos instrumentos, outros são de material biológico que se dissolvam em segundos, outros parecem ter a capacidade de fugir ao cirurgião parecendo camuflar-se para não serem retirados e muitos estão ligados às terminações nervosas do corpo .

Se os "implantes alienígenas" realmente representam a tecnologia alienígena, então qual será o seu propósito ? A sugestão mais sinistra é que eles são uma espécie de dispositivo de controle da mente. O mais provável é que envie relatórios para os abdutores ETs sobre a localização dos abduzidos e o seu estado de saúde. As abduções alienígenas são repetidas, continuam durante toda a vida do abduzido. Isto sugere que os ETs estão interessados ​​em acompanhar, curar e monitorizar os abduzidos.

A ideia de que extraterrestres estão colocando dispositivos dentro dos nossos corpos é profundamente alarmante. Podemos apenas esperar que, se esses implantes alienígenas são realmente de origem extraterrestre, que pistas podem ser encontradas sobre quem são os criadores , e quais as suas intenções.

Dr. Roger K. Leir foi o líder mundial na investigação da evidência física que envolve o campo da ovnilogia.

Sugiro a leitura do livro « O Segredo Extraterrestre - Raptos, Implantes e Manipulações » de Whitley Strieber, para se conhecer com maior profundidade as diversas analises aos implantes.

Luís Aparício

 
VALID CSS
  |   VALID XHTML