Estrela Gorda Versão para impressão
Avaliação: / 0
FracoBom 
artigos da APO - Astronomia
Terça, 12 Junho 2007 02:48
Astro fica a 20 mil anos-luz de distância da Terra e tem 114 vezes a massa do nosso Sol. Corpo celeste faz parte de sistema binário, girando em torno de outra estrela. Estrela gorda com 114 massas solares está localizada em aglomerado estelar marcado em amarelo.

Anthony Moffat e a sua equipa da Universidade de Montreal (Canadá), dizem ter achado a estrela mais gorda do cosmos - um monstro cósmico cuja massa é 114 vezes maior que a do Sol. O astro é só ligeiramente menor que o limite teórico para o tamanho de uma estrela, que fica em torno de 150 massas solares. A descoberta foi anunciada no encontro anual da Sociedade Astronômica Canadense.

Até hoje, a maior estrela conhecida equivalia a pouco mais de oitenta "Sóis". O astro "pesado" pelos astrônomos canadenses na verdade pertence a um sistema binário (no qual duas estrelas giram uma em torno da outra). Sua companheira também é obesa: 84 massas solares. Apelidado de A1, o casal estelar fica a 20 mil anos-luz da Terra.

Os dados foram obtidos com a ajuda de dois telescópios, o VLT, europeu, e o americano Telescópio Espacial Hubble. Para obter a medição, os pesquisadores mediram variações na luz das estrelas que acontecem quando ela é afetada pela gravidade. A força gravitacional de um astro dá uma boa medida de sua massa.

Estima-se que exista um limite para o tamanho de uma estrela porque, com massas muito grandes, as forças nucleares em seu interior começam a contrabalançar a gravidade. Enquanto a gravidade tende a manter a estrela coesa, algumas forças nucleares tendem a levar à separação do material estelar.