Conversas com a Carla Versão para impressão
Avaliação: / 1
FracoBom 
artigos da APO - Abduções
Escrito por Luis Aparicio   
Domingo, 21 Novembro 2004 20:18
A Carla já é nossa conhecida desde 1996. Duas sumidades da psiquiatria Lisboeta fizeram-lhe regressões hipnóticas. Um acontecimento bastante misterioso surgiu, durante uma das regressões. Dois gravadores durante uma hora só registaram um chiado, enquanto foi registado um dialogo entre os médicos psiquiatras e alguém invisível que estava na sala. Esta abduzida durante esse espaço estava a servir de porta voz às respostas desse alguém. Durante as diversas entrevistas que já tivemos com ela e tendo em atenção toda a nossa experiência nesta matéria, não encontramos pontos de inverdade ou muito diferentes daquilo que se está a passar em todo o mundo aos milhões. De salientar os seus olhos. A Carla tem algo no seu olhar que nos deixa sem saber com quem estamos a lidar.

Como investigador tenho que me manter na expectativa, mas quase que jurava que estou perante uma autentica abduzida.
Já não falo nas imagens aqui em baixo, porque é mais uma das provas.
Tenho que chamar a atenção para os desenhos que foram feitos em 1996. Um ano antes tinha aparecido o "Sequestro" de John E Mack e ainda não havia na Net e em revistas desenhos que transcrevessem aquilo que as abduzidas(os) viam. Também é de salientar que este psiquiatra esteve prestes a ser expulso pelos seus colegas da ordem dos psiquiatras norte americanos. Nesses anos o fenómeno ainda era mal compreendido.
Os diálogos que estão escritos, podem não ser uma obra prima literária, são resultantes do dialogo fonético, transcritos palavra por palavra, no qual também participou a mãe, que pressuponho também ter sido abduzida.
Brevemente colocaremos aqui, mais hora e meia de entrevista e mais desenhos.

Luis Aparício 2004.02.08

Nota: Faz-se um apelo aos residentes de Lisboa e principalmente Santa Iria de Azóia e Sacavém para se recordarem ou encontrarem algo escrito sobre o apagão que houve nessas zonas em Junho/Julho de 2001. Esse apagão também fez com que os carros que circulavam na Ponte Vasco da Gama, deixassem de funcionar e as luzes da ponte terem-se igualmente apagado. Qualquer informação poderá ser dada para o Web Master
atualizado em Sábado, 09 Abril 2011 14:59