Bolas cinzentas no Vilarinho do Bairro Versão para impressão
Avaliação: / 7
FracoBom 
artigos da APO - Casos Portugueses
Escrito por Luís Aparício   
Segunda, 02 Dezembro 2013 19:52

José Figueiredo, tem 59 anos, é engº de eletrónica e vive no Vilarinho do Bairro na Anadia , a cerca de 230 km a norte de Lisboa. No dia 2 de Dezembro de 2013, pelas 13,10 horas, estava no seu quintal a regar as plantas. Viu um avião a meia altitude passar (talvez 5.000 metros de altitude), depois continuou a regar o seu jardim. Voltou a olhar para o céu e verificou que na zona do céu onde tinha passado o avião, encontrava-se uma formação em delta de cinco esferas cinzentas brilhantes.

Depois de presenciar essa formação, a mesma, começou lentamente a passar para uma formação em T. Após uns segundos nesta formação em T, as bolas simplesmente desapareceram, perante o olhar incrédulo desta testemunha.

Perante o avião que tinha passado, esta testemunha teve a possibilidade de tentar perceber que esta formação estaria à mesma altitude dos aviões que passam a 11.000 metros. Também pode compreender que essas esferas teriam a mesma grandeza dum avião comercial, portanto cada esfera poderia ter cerca de 50 metros de diâmetro.

Luís Aparício