Chuva de estrelas em Campahã Versão para impressão
Avaliação: / 7
FracoBom 
artigos da APO - Casos Portugueses
Escrito por Luis Aparicio   
Quinta, 03 Julho 2014 02:16

 

Andreia Pinto, juntamente com os meus filhos e o seu marido, moradores em Vilar de Andorinho, no dia 20 de Junho de 2014  estava às 22.00 horas em Campanhã na cidade do Porto, ia com a sua família de carro e olhando o céu viu algo estranho que os fez parar o carro. Era como uma chuva de estrelas mas o que nos chamou a atenção foi que estas estrelas não “caiam” mas sim deslocavam-se piscando a velocidade moderada.

 

A magnitude dessas estrelas segundo a Andreia era igual à das outras estrelas, só que eram muito mais cintilantes. Andreia avança que as estrelas poderiam ter uma aparência visual de cerca de metade da sua unha do seu polegar.

A velocidade que se deslocavam poderia ser moderada, e todo o conjunto durou a passar no céu, cerca de 5 minutos.
Não tirou fotos porque não tinha máquina fotográfica mas ficou deveras intrigada pois nunca viu nada igual, na parte de trás viam-se duas luzes a piscar e a andar em frente depois umas tantas, a seguir. Na frente de tudo seriam sem dúvida umas dezenas de estrelas que deslocavam-se sempre a mesma velocidade.

Todas aquelas dezenas de estrelas poderiam assemelhar-se a um bando de pássaros a voar em sintonia.

As estrelas não desapareceram apenas as perdeu de vista pois tinha o carro parado.

 

Andreia relata também que o seu filho de 10 anos lhe disse logo a seguir a este evento que já tinha visto situação semelhante, no dia de S. João no ano de 2013.

 

atualizado em Sexta, 04 Julho 2014 05:25