Ovni observa barragem de Crestuma-lever Versão para impressão
Avaliação: / 15
FracoBom 
artigos da APO - Casos Portugueses
Escrito por Luís Aparício   
Sábado, 21 Janeiro 2012 20:40

No dia 18 de Janeiro de 2012, às 06,40 horas Cláudia Sofia Puente Fria de 29 anos e o seu irmão Carlos André estavam a sair de casa para o emprego. Ambos moram local elevado em Lever em frente à Barragem de Crestuma-Lever, quando a Cláudia sai para a rua normalmente gosta sempre de analisar o céu nesse dia quando ia a descer as escadas, notou que uma grande estrela estava parada no céu, e comentou com o irmão «olha ali uma grande estrela» e a partir desse alerta a Cláudia notou que essa estrela começou a deslocar-se em direcção a nascente.

Comentou ainda com o irmão «olha sai do carro porque é um ovni e está a andar».

Cláudia afirma que à distância dum braço estendido aquela estrela tinha 16 cm de diâmetro e tinha a forma da estrela polar redonda e estava por cima da Barragem de Crestuma-Lever. Não notou quaisquer pontos mais escuros dentro dessa luz. Cláudia diz que ficou «ofuscada» a olhar para aquela estrela tão grande, notou que a mesma, estaria a meia altura a que viajam os aviões comerciais (5000 metros).

Carlos André vem almoçar a casa e perguntou à mãe «oh mãe ouvistes as noticias, houve algum fenómeno estranho, deu alguma coisa na televisão, oh! Mãe aquilo só podia ser um ovni», disse também que parecia a estrela polar mas muito grande, enorme, na sua deslocação não deixou qualquer rasto, perante tal visão ainda foi com o carro até ao final desta pequena aldeia com cinco casas, afim de poder acompanhar a trajectória daquela enorme estrela.

A mãe do destes dois irmãos diz que a Cláudia lhe telefonou às 10 horas dizendo «oh! mãe o mano disse-te alguma coisa, olha que nós vimos um ovni, liga para o site da APO para ver se mais alguém viu mais alguma coisa».