17 Outubro 2004 – dia de luto para a Ovnilogia

Depois da morte do marido em 1976, Betty dedicou grande parte da sua vida à divulgação do incidente em que tinham estado envolvidos, dando palestras e entrevistas.

Em 1991, 30 anos após o episódio de abdução, decidiu retirar-se da vida pública mas nunca deixou de estar ligada ao fenómeno Ovni, catalogando e investigando avistamentos. Possuía uma vasta colecção de slides de ovnis e nunca de desfez do vestido que usava na altura da abdução e onde era possível ver as manchas vermelhas de uma substância desconhecida. Desde o episódio da abdução e ao longo dos anos, tanto ela como o marido, testemunharam vários avistamentos perto de sua casa, chegando a brincar com o assunto. Nos últimos anos, comentava com alguns amigos que à excepção dela, todos os intervenientes directos ou indirectos na investigação do seu episódio de abdução já tinham falecido. No domingo, 17 de Outubro de2004, chegou a sua vez. A nós resta prestar-lhe a devida homenagem, e onde quer que ela esteja que descanse em paz.

Adeus avózinha…

Cristina Silva