A missão da Mars Express

Veja novas imagens de Marte
A imagem oferece pela primeira vez uma visão próxima da superfície do pólo norte do planeta com camadas de água gelada. Podem ser distingüidos precipícios de dois quilômetros. As áreas escuras poderia ser cinzas vulcânicas.

A Mars Express começou a registrar a presença de água em suas diferentes formas no planeta vermelho. Desde o início, coordenada com as atividades de exploração de Marte da Nasa, a missão Mars Express ajudou a criar uma imagem cada vez mais complexa do Planeta Vermelho, principalmente de seu clima e diversidade geológica.

A Mars Express também detectou a presença de metano na atmosfera de Marte, e permitiu constatar que, em certas regiões do planeta, coincidem o vapor d’água e o metano, dois ingredientes da vida como a conhecemos. Para completar suas conquistas, a Mars Express descobriu um fenômeno de auroras em Marte.

Até agora, a câmera de alta resolução a bordo da sonda permitiu observar 19% da superfície marciana em três dimensões, trabalho que terá continuidade, para que futuros planetólogos possam dar prosseguimento às pesquisas.

Durante este segundo ano, a Mars Express poderá estudar a forma como a atmosfera varia segundo as estações, e observar fenômenos passageiros, como a névoa e o gelo. A sonda foi lançada em 2 de junho de 2003, e esta é a primeira missão a outro planeta totalmente européia.

A decisão de dar continuidade a esta missão científica foi tomada pelo comitê de programação científica da ESA no último dia 19, informou a agência.