Aplicação Radioestésica

A Radioestesia, nem de longe, figura no campo cientifico ou paracientifico. Apenas ampara alguns itens ligados a estes campos e insinua ser um ato advindo da paranormalidade. Como tal, poderia ser usada dentro de uma concepção prática, assim como seria do reconhecimento da utilidade da aplicação da hipnose fora da Psicanálise, guardadas as devidas proporções.

Neste novo assunto, que anexo ao rol das pesquisas que estou desenvolvendo para a elaboração de um tratado geral de assuntos conexos com a Ufologia, levo ao conhecimento de todos os meios de interelação da Radioestesia com as possibilidades Ufológicas.

O primeiro enfoque é em quais canais e quais as possibilidades que a Radioestesia oferece para “resumir” as pesquisas ufológicas? Ao utilizar-se dos métodos tradicionais de pesquisa para o desenrolar de todo o emaranhado que uma ocorrência ufológica possui, o pesquisador percorre um caminho complexo.

Ele traça todo o percurso com um auto-controle exaustivo e organizado logicamente. Parte da observação do fato, passa pela hipótese e pela possibilidade, formula a estratégia para a pesquisa, planeja as etapas para est a pesquisa, escolhe os instrumentos a serem utilizados, faz as medições possíveis e chega às conclusões amparadas.

Depois formula a sua síntese geral e particular, se for o caso. Muitas vezes há quebras irremediáveis na elaboração do seu trabalho. Há condições impertinentes e invencíveis para se chegar a um resultado satisfatório. Pior, ainda, quando chega a uma conclusão eivada de erros, o que compromete, inclusive, a sua credibilidade.

Dentro de outros pressupostos para se chegar a um resultado conveniente, a intuição seria uma forma digna de crédito para a elaboração de um trabalho convincente na observação e na pesquisa ufológica?

Não é de outra forma que os Radioestesistas formulam as soluções dos problemas a eles apresentados. As suas captações partem, em principio, da intuição e daí partem para atruibuir uma qualidade positiva ou negativa para a elaboração do que se propôem.

Elaboradas as formulações diversas, os únicos amparos alegados são os que explicam a existencia de interações entre os campos de energia e os músculos do corpo. Da forma mais simples possível, o praticante treina seu sistema muscular para funcionar como uma conexão entre a parte intuitiva de sua mente-cérebro e uma ferramenta que indica a natureza da mensagem.

De qualquer modo se o funcionamento de Radioestesia é fundamentado nas interações orgânicas e energéticas da mente e dos musculos ou se é resultado do efeito ideomotor, independente da vontade consciente, o certo é que ela produz um trabalho.

Quando podemos comprovar a honestidade de seus resultados. Para o nosso objetivo, que é a persecução ufológica, esta atividade é mais um adicionador estratégico. Isentando-se do velho preconceito cientifico metódico, me permito a convocar a Radioestesia para o nosso elenco de possibilidades de estudo, ainda que não predomine ou domine esta técnica intituitiva. O nosso banco de reservas está enriquecendo, mas para jogar neste time deverá comprovar que conhece o atalhos do campo para se chegar ao gol. Será, sem dúvida, mais um elemento a ser pesquisado oportunamente.

GUILHERME PAULA DE ALMEIDA