Argentina – Intensa actividade de ovni´s na região

Alguns habitantes da região confirmaram que até é possivel ver-se estrelas com um brilho e tamanho maiores que o normal e que parecem se deslocar sobre os vários braços do delta.

Mas no Domingo de 17 de Setembro de 2006, a actividade tornou-se literalmente numa enorme vaga ás 19h40: dois objectos lenticulares, sobrevoaram a região numa formação paralela a Este das ilhas do delta. Uma das testemunhas que assistiu a tudo, ficou impressionada com este avistamento e descreve como tendo sido “duas fontes de luz que pareciam flutuar e viajavam lentamente sobre o Rio Sarmento em direcção ao Norte (Rio Parana), vindos de Sul e com uma magnitude de -1.6” (este acontecimento foi registado em vídeo pela testemunha).
“Minutos mais tarde, depois de umas pulsações anómalas, as luzes afastaram-se a grande velocidade parecendo que curtavam o céu do delta”, mas ás 20h05 outra formação de luzes lenticulares cruzaram o Tigre seguindo a direcção Este sobrevoando os rios da zona.

Mas o que fez com que as testemunhas se admirassem foi o facto da primeira luz da segunda formação ter uma magnitude de -10, um brilho de aproximadamente 5 ou 6 vezes maior do que o planeta Vénus.
Esta parte do fenómeno não ficou registada em vídeo como a primeira aparição e não se sabe ainda o porquê. Aparentemente o ovni estava a gerar um efeito electromanégtico e a bateria da maquina de filmar (uma Sony) descarregou por completo. Até os telemóveis fcaram sem sinal e nenhum contacto pode ser feito para alertar a presença dos ovnis.

Durante 4 dias seguidos, Taller Glaucoart observou e filmou uns 5 ovnis que surgiam repentinamente no céu emitindo flashes de alta magnitude.
É importante tomar conhecimento ou relembrar que o Delta argentino está sob uma actividade de acontecimentos ovniológicos intensa, talvez maior do que a actividade de Cordoba.

Tradução para português por Carla Batista (artigo original no RENSE)