Buraco negro está a destruir galáxia vizinha

A enorme torrente de partículas do buraco negro, localizado no sistema “3C321” (composto por duas galáxias e localizado a 1.4 mil milhões de anos-luz da Terra), está literalmente a “sugar” o núcleo de uma galáxia vizinha.

A partir das imagens recolhidas pelos telescópios Hubble, Chandra e Spitzer, os cientistas conseguiram detectar uma espécie de jacto emanado do buraco negro que está a atingir aquele sistema estrelar.

Dado o nível elevado de radiação (na sua maioria raios X e Gama), o mais certo é que este sistema seja aniquilado.
Apesar de ainda não se saber se existem sistemas planetários nesta galáxia em risco, os peritos acreditam que o efeito combinado da radiação com as partículas poderá destruir a atmosfera de qualquer planeta que possa existir.

O fenómeno não é inédito, mas trata-se da primeira vez que é captada em imagens a violência galáctica de um buraco negro a destruir uma galáxia.