Astronomia

Neve em Marte

Sonda Phoenix detecta neve caindo de nuvens marcianas
A sonda Phoenix, da Nasa, que já caminha para a sua segunda extensão da missão original, fez mais descobertas. Pela primeira vez, detectou neve caindo do céu em Marte.

Análise de imagens revela longa existência de água

O planeta Marte abrigou água durante bilhões de anos, mais do que se achava, revela a análise de imagens transmitidas pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter da Nasa.
Catherine Weitz, cientista do Instituto de Ciências Planetárias, revela em um relatório divulgado hoje pela revista Geophysical Research Letters que essas imagens evidenciam processos permanentes de precipitação e fluxos de água.

Buraco negro está a destruir galáxia vizinha

São imagens surpreendentes as que chegam dos telescópios espaciais e terrestres da NASA sobre a actividade de um buraco negro que está a destruir uma galáxia vizinha. Já tínhamos visto galáxias a colidirem, mas nunca uma galáxia a ser destruída por um buraco negro.

Satélite desvenda mistérios dos ventos solares

O satélite japonês Hinode desvendou muitos mistérios do Sol, entre eles os que envolvem seu campo magnético e as tempestades de vento solar que provocam interferências nas comunicações da Terra, segundo revelaram dez relatórios divulgados pela revista Science. Reuters

Mapa de pólo lunar indica possível local de base

A agência espacial européia (ESA) divulgou um mapa do pólo norte lunar montado a partir de imagens obtidas pela sonda Smart-1, que orbita o satélite natural da Terra. Segundo os cientistas, os dados serão de grande utilidade para futuras expedições tripuladas e posteriores bases lunares. ESA/Divulgação.

Estrelas anãs brancas são vistas pela 1ª vez

Estrelas anãs brancas são vistas pela 1ª vez Uma equipe internacional de astrônomos identificou estrelas anãs brancas com atmosferas de carbono, algo que nunca havia sido visto neste tipo de objeto celeste, o que pode dar lugar a uma nova categoria de astro.

Na Califórnia, pesquisadores procuram sinais de vi

Na Califórnia, pesquisadores procuram sinais de vida extraterrestre “Não descobriremos nada se ficarmos olhando só para nós mesmos”, diz astrônoma.
Bilionário americano financia pesquisas da Universidade de Berkeley. Numa região de montanhas geladas ao norte da Califórnia, numa área onde são raros os sinais de civilização, enormes antenas fazem um balé sincronizado. Ora viram para o poente, ora para o nascente.