Cientistas encontram nova pista para vida em Marte

Em um estudo publicado na Geophysical Research Letters, a equipe do pesquisador Lewis Dartnell, da Universidade de Londres, analisou as imagens enviadas pela Mars Express, sonda da Agência Espacial Européia. » Subsolo de Marte pode esconder água

Sonda pode ter destruído vida em Marte. O equipamento revelou uma massa de gelo na região de Elysium, local rico em vulcões adormecidos nas proximidades da linha do Equador marciana.
Os cientistas acreditam que a poeira foi espalhada pela superfície de gelo depois de violentas tempestades, cobrindo uma área conhecida por Mar do Norte.
O estudo sugere que, há milhares de anos atrás, a água se infiltrou nas fissuras antes de congelar, carregando micróbios com ela. Segundo os estudiosos, esses microorganismos usaram o gelo a cerca de 7,5 metros abaixo da superfície para se proteger da luz ultravioleta e da intensa radiação que atinge a superfície do planeta.
Redação Terra