Correio da Manhã – Caçadores de Ovnis

Esta revista faz parte integrante do Correio da Manhã e poderá ser vista sem fotos no site do Correio da Manhã.

Do muito que os diversos elementos da APO falaram quase que só foi aproveitado aquilo que reproduzimos abaixo.

Lamentamos que logo no ínicio tenham metido uma foto que ocupa metade das duas páginas, diminuindo assim aquilo que todos as pessoas da APO falaram.

Para Luís Aparício, presidente da Associação de Pesquisa Ovni (APO), estes registos traduzem um ovni. E porque não nos contactam? Luís muda a postura e responde com teorias balanceadas entre a ‘conspiração’ e a ‘preservação’. “Primeiro, [os extraterrestres] não interferem cá para não ficarem com esse ónus porque mudaríamos a nossa maneira de pensar; segundo, a contaminação por micróbios poderia ser fatal.” Sem medos, a verdadeira caça ao ovni está instalada, através das vigílias nocturnas organizadas pelas associações.

É mais uma contribuição saudável para a ovnilogia em Portugal e esperamos que a outra imprensa siga o exemplo e traga mais divulgação, para que os imensos abduzidos em Portugal e nos países de expressão Portuguesa saiam do seu isolamento.
Lamenta-se que o jornalista do Correio da Manhã, só tenha aproveitado estas palavras, porque a entrevista durou hora e meia e foram analisados todas as vertentes da ovnilogia.

Luís Aparício