Dia Mundial dos Ovnis – Vigília da APO

Este é o dia ficou marcado na imprensa internacional, como o dia internacional dos discos voadores, como o Kenneth Arnold lhe chamou.

O tipo de disco visto pelo Kenneth Arnold

A APO com o objectivo de comemorar este dia vai realizar uma vigília na Praia da Mata na Costa da Caparica. Esta praia é a primeira logo a seguir ao último parque de campismo, mesmo à saída da Costa da Caparica. Ficando a 1,5 Km do centro da Caparica.

O início da vigília está programado para as 23 horas e dura até os nossos olhos se mantiverem abertos.

Porquê na Praia da Mata?

Primeira vamos analisar as desvantagens desta zona.
É nesta zona que os aviões fazem uma curva e dirigem-se para o Aeroporto da Portela e por vezes durante muitos segundos mantêm-se ali uma grande luz no céu, sendo obviamente os faróis dos aviões.

Com esta enorme desvantagem será que deveríamos fazer ali a vigília, quando já fizemos outras em locais mais propícios?

As muitas informações que nos têm estado a chegar ao longo dos anos, dão-nos a conhecer um conjunto de fenómenos da nossa temática deveras interessante.
Outras informações dizem-nos que certos grupos esotéricos, até agora não identificados e profundamente discretos fazem vigílias nas diversas praias da Costa da Caparica.

As poucas informações que nos chegam desses grupos, dizem que eles entram estados alterados de vibração pessoal, para melhor atrair o fenómeno ovni, mantendo depois o contacto telepático com essas luzes/naves/sondas ou outro nome que lhe dêem.

Alguns membros da APO sem nenhum apoio de técnicas do aumento vibracional já viram evoluções de luzes, com um comportamento fora do comum, nesse mesmo local.

Será que é a altura da APO também estar presente neste palco do insólito?

Será que desta vez, nós como associação de carácter aberto e divulgativo, temos essa esse privilégio, afim encaminhar-mos aqueles que nos seguem para outras percepções?

A ver vamos o que podemos fazer.

Outros fenómenos já ocorreram naquela zona incluindo OSNIS – objectos submarinos não identificados, um dos quais relatado na nossa página e que proporcionou à testemunha um certo diálogo com o OSNI, durante meia hora.

Temos que acreditar que toda aquela zona desde Palmela, Outão, Serra da Arrábida Portinho da Arrábida, até à Costa da Caparica é rica em avistamentos.

Por isso a partir das 23 horas de sábado dia 24 de Junho de 2006, lá estaremos.

Sugerimos que tragam um barrete na cabeça e um anorac mais quentinho, uma cadeira ou um plástico para se sentarem, umas sandes, termos com café, binóculos e máquinas fotográficas.

Quem quiser trazer alguns bolinhos, extras e querer partilhar com os demais, fazendo um intercâmbio será ainda mais bem vindo.

Para que tiver GPS pode marcar as seguintes coordenadas Latitude 38º 37’ 22’’.24 N e de Longitude 9º 13’ 23’’.05 W

Luís Aparício