Diplomacia com Extraterrenos

A convocação da conferência, marcada para ocorrer na “Big Island” do Havai de 9 à 11 de Junho, a descreve como a primeira no Mundo a focar nas nuances da diplomacia internacional com civilizações extraterrestres que podem estar agora ou muito pronto visitando a Terra.

O Dr. Michael Salla, professor em Paz Internacional e Solução de Conflitos na Universidade Americana em Washington D.C., tem participado em iniciativas internacionais de diplomacia em zonas de conflitos tais como Timor leste, Kosovo e Sri Lanka. Fascinado pela possibilidade da visita de extraterrestres, decidiu convocar uma reunião de especialistas internacionais para discutir o significado de extraterrestres para a diplomacia e paz mundial.

A conferência destaca uma impresionante lista de especialistas em diplomacia internacional, leis internacionais, políticas públicas e pesquisadores do fenômeno extraterrestre.

O participante chave é o Ministro de Defesa do Canadá, Sr. Paul Hellyer, quem estará discutindo se a Humanidade está apta à tarefa de conseguir a paz com extraterrestres. Na sua apresentação, ele vai comparar sua visão da cooperação diplomática com ETs, ” Sonho das Estrelas”, com a guerra que poderia surgir da atual política americana que promove o armamento do espaço, “Guerra nas Estrelas”.

Outro especialista em diplomacia internacional que quer discutir como a Humanidade poderia negociar com os visitantes extraterrestres é um respeitado diplomata internacional. Embaixador John McDonald foi indicado pelos presidentes Carter e Reagan para representar os EUA em quatro Conferências das Nações Unidas.

Atualmente, ele é o Diretor do Instituto para Diplomacia Multitarefa e especialista em diplomacia para o cidadão em conflitos internacionais. Ele estará discutindo como a iniciativa diplomática, algumas envolvendo cidadãos privados, poderia ser conduzida quando e se extraterrestres visitem a Terra.

Também participará da Conferência um especialista em leis internacionais que está por detrás de uma iniciativa atual de ter o tránsito pelas Nações Unidas de uma resolução estabelecendo uma Década de Contato preparando a população global para um eventual contato com civilizações extraterrestres.

Um graduado da Escola de Direito Yale, Alfred Webre serviu no Projeto do Instituto de Pesquisa Stanford autorizado pela Administração Carter a estabelecer protocolos de comunicação com possíveis civilizações extraterrestres até que o projeto foi encerrado pelo Pentâgono em 1977. Outro especialista internacional, Dr. Scott Jones, é um Comandante da Marinha Americana, que agora se especializa no estabelecimento de centros mundiais para a paz em regiões de conflitos.

Ele examinará a possibilidade que civilizações extraterrestres estão nos visitando e como isto impacta na diplomacia e paz mundial.

Um Capitão aposentado da Força Aérea Americana, Robert Salas, estará discutindo um incidente em 1967 onde OVNIs atacaram uma unidade do Comando Aéreo Estratégico com misseis nucleares “Minuteman ICBM” em Montana. Ele estará discutindo o significado de armas nucleares para civilizações extraterrestres e as implicações na paz mundial. Dr. Thomas Hansen, outro especialista internacional, foi o fundador e Presidente da Fundação de Intercambio pela Paz, a qual coordenava o intercãmbio de cidadãos entre a União Soviêtica e os EUA no anos 1980.

Ele estará discutindo como a Humanidade pode cooperar com os visitantes extraterrestres através da diplomacia e outras inciativas pacíficas.

Um total de 16 palestrantes estarão presentes apresentando suas pesquisas sobre a possibilidade de visita de civilizações extraterrestres e como a diplomacia pode ser conduzida de forma a promover a paz mundial.