Exercito Chileno revela vídeos de Ovnis

Um perseguição importante deu-se em 27 de Março de 2000, quando um avião militar Citation II, cruzou-se a mil metros de altitude e a cem kilometros da capital, com um objecto com 40 metros de largura. Este avião transportava cinco pessoas e o avião foi perseguido por um objecto luminoso que não aparecia nos radares, disse Fuenzalida.

A divulgação destas informações classificadas foram autorizadas pelo próprio comandante em chefe do exército chileno, Óscar Izurieta e foi parte daquilo que o capitão da V divisão do exercito, Rodrigo Bravo, investigou a nível oficial e que participa nestas Jornadas Internacionais de Ovnilogia na estância balnear de Viña del Mar a cerca de 120 km de Santiago do Chile.

Este militar expôs a sua tese “Observação de fenómenos aéreos não identificados por parte da aviação militar e civil”. Trabalho esse puramente pessoal, utilizado também para obter a sua licença de piloto e onde descreveu as experiências de membros das forças armadas com este fenómeno.
Também relatou este militar que houve encontros como aquele em que três helicópteros cerca de LaUnión, onde avistaram um ovni poisado no solo.

Segundo explicou Rodrigo Fuenzalida, director do AION este trabalho embora não seja apresentado oficialmente pelo exército, já pode ser considerado com histórico, porque confirma a existência de um fenómeno a partir de um ponto de vista militar, sector que se caracteriza por ser parco nas informações que divulga e dispor de meios tecnológicos avançados para poder comprovar as observações ovni.

El Mercúrio

Outros artigos sobre ovnis no Jornal El Mercúrio:

Cuatro incidentes con ovnis registran aviones militares

Capitán reveló experiencias con ovnis