Foto no Sameiro para analise

Diz-nos o Sr. Carlos Paiva
Na primeira é de realçar a posição, ao fundo, da Basílica, com duas torres, devendo a nossa atenção, aqui, voltar-se para a inclinação das sombras, dando a entender que o Sol se encontrava do lado esquerdo do fotógrafo. Na segunda foto, verifica-se a mesma situação.

Maior atenção devemos depois dedicar às duas fotos remanescentes, as quais foram tiradas uma a seguir à outra, como se pode constatar, encontrando-me eu, em conjunto com um amigo, de costas voltadas para as já referidas torres da Basílica. É na última das fotos, que surge, junto ao canto superior esquerdo um estranho objecto que, na altura como agora, não consegui identificar. O Sol não era, nem me recordo, à altura, de haver por ali qualquer objecto a pairar, pelo menos que produzisse algum ruído e se tornasse, assim, perceptível.
Deixo à análise dos senhores.
Os melhores cumprimentos.
Carlos Paiva


Luz passa à esquerda da Igreja


ampliação da luz

O Santuário do Sameiro é um santuário localizado em Braga, Portugal, cuja construção se iniciou a 14 de Julho de 1863. É o centro de maior devoção mariana em Portugal, depois de Fátima. O Templo, concluído no século XX, destaca-se no seu interior o altar-mor em granito branco polido, bem como o sacrário de prata. Em frente do Templo ergue-se um imponente e vasto escadório, no topo do qual se levantam dois altos pilares, encimados da Virgem e do Coração de Jesus.