II Forum Mundial de Ufologia

Em Dezembro de 1997, tinha decorrido em Brasília (Brasil), o I Fórum Mundial de Ufologia, um dos eventos mais marcantes dos últimos tempos para a ovnilogia brasileira e mundial. De facto, cerca de 70 pesquisadores do fenómeno OVNI, brasileiros e oriundos de mais de 30 outros países, puderam abordar em profundidade o que de mais importante se sabia na altura sobre as manifestações do fenómeno e a eventual presença de inteligências não humanas no nosso ambiente planetário.

Agora, 10 anos após a realização da primeira edição, decorreu o II Fórum Mundial de Ufologia, desta vez no auditório principal do Hotel Bourbon em Curitiba, também no Brasil. Esta segunda edição levou mais uma vez ao Brasil alguns dos mais famosos pesquisadores em ovnilogia da actualidade, oriundos de 10 países, para palestrarem e ministrarem workshops. Cerca de 20 palestrantes abordaram os aspectos mais relevantes e actuais do fenómeno OVNI, como por exemplo o acobertamento governamental, os 60 anos do Incidente de Roswell e a interessante casuística ufológica de certos países como os Estados Unidos, Brasil, Perú, Chile e Uruguai.

Este II Fórum Mundial de Ufologia foi organizado pelo Núcleo de Pesquisas Ufológicas (NPU), com o apoio da Revista UFO e da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU). Juntamente com este evento, também se realizaram o IX Encontro Diálogo com o Universo e o XXXV Congresso Brasileiro de Ufologia Científica. Cientistas, militares, autoridades e ufólogos debateram o fenómeno OVNI e as possibilidades de vida inteligente no universo.

Três dos palestrantes deste fórum já tinham participado anteriormente na conferência de imprensa de Washington do passado 12 de Novembro (ver artigo anterior intitulado Conferência de imprensa sem precedentes na história da ovnilogia). São eles o inglês Nick Pope (ex-director de uma célula do Ministério da Defesa Britânico dedicado à investigação sobre o fenómeno OVNI), o peruano Anthony Choy (membro fundador e principal investigador do Grupo de Investigação de Fenómenos Aéreos Anómalos da Força Aérea do Perú) e o capitão chileno Rodrigo Bravo. Nick Pope ficou encarregue de levar ao Brasil e de apresentar no fórum um resumo do que ocorreu em Washington.

O evento iniciou-se na passada Quinta-feira 15 de Novembro às 14h00 e encerrou no Domingo 18 de Novembro pelas 19h00, culminando com uma mesa redonda entre palestrantes e espectadores onde temas diversos foram abordados. A participação do público foi muito intensa, lotando o auditório do Hotel Bourbon em todas as palestras, e superando amplamente todas as expectativas.

Segundo os palestrantes, este fórum deu continuidade a uma série de eventos que objectivam sensibilizar os governos dos principais países do mundo a divulgarem informações vitais sobre o fenómeno que permanece um mito para a grande maioria da população mundial. Desta forma, o Brasil foi escolhido como o segundo país para dar continuidade ao movimento de abertura iniciado a 12 de Novembro em Washington.

Foi salientada pelos convidados a importância da realização deste fórum no Brasil diante do contexto mundial em que este foi inserido, como também seu papel para o futuro da ovnilogia brasileira e internacional.

Link:
http://www.ufo.com.br/index.php?arquivo=notComp.php&id=3344