Inglaterra abre arquivos sobre ovnis

O Ministério da Defesa espera liberar todos os documentos, cerca de 200 no total, nos próximos quatro anos. Um dos arquivos relata a experiência de um homem que contou em detalhes os encontros que teve com “homenzinhos verdes” desde criança.

Ele afirma que um deles, chamado Algar, foi morto em 1981 por uma outra raça de extraterrestres quando estava prestes a fazer contato com o governo britânico.

Outra testemunha jurou ter visto um disco voador pairando sobre a ponte de Waterloo, em pleno centro de Londres.

Um dos documentos ainda traz o depoimento de um homem de 78 anos que contou ter conhecido seres extraterrestres no condado de Hampshire, em 1983. Ele contou ter entrado no disco voador e conversado com eles.

Ao descobrirem sua idade, os E.Ts teriam lhe dito: “Pode ir, você é velho demais para o que a gente precisa”.

Coisas estranhas

Apesar de afirmar que “há coisas estranhas que rondam pelo céus da Grã-Bretanha”, o ministério da Defesa diz que “não há evidências de que naves extraterrestres tenham pousado neste planeta”.

De acordo com o especialista em assuntos de segurança da BBC Oliver Conway, o governo sempre deu atenção a qualquer relato sobre objetos voadores não identificados por questões de segurança.

Desde 1950, o ministério da Defesa acredita ter recebido relatos de cerca de 11 mil aparições.

Muitas delas, diz o governo, são na verdade queima de lixos espaciais quando entram na atmosfera, estranhas formações de nuvens e balões metereológicos.

Os investigadores ainda notaram que o número de aparições dobrou em 1977 depois do lançamento do filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau, de Steven Spielberg.

O Jornal The Observer comenta, que a divulgação dos arquivos deve, na avaliação de alguns especialistas, mostrar que a maioria dos incidentes envolvendo Ovnis foram actividades militares como lançamento de mísseis, testes de protótipos de aeronaves e outras actividades durante a Guerra Fria.
Mas o jornal observa que, ainda assim, o governo deve continuar sob pressão dos que crêem que nem todas as informações colectadas pelo Ministério da Defesa serão tornadas públicas.

Em 2002 o governo inglês fez aberturas de um dos casos mais famosos da ovnilogia britânica, o caso Rendlesham Forest. O caso é parecido com o de Roswell nos Estados Unidos, o incidente envolveu uma nave triangular onde o pouso da nave foi presenciado e fotografado pelos militares. A abertura desse caso na época não teve uma investigação extensa como os próprios militares que participaram haviam descrito.

Um policia inglês vem colocando na Internet relatos e relatórios sobre as investigação da polícia inglesa, Gary Heseltine é detective da polícia de transportes da Inglaterra na cidade de Leeds, o seu site foi lançado em 2002 ele reuniu materiais desde 1901 com mais de 500 casos.

No ano passado, o governo da França já havia aberto os seus arquivos secretos sobre Ovnis, disponibilizados na Internet.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080514_ovnisarquivos_fp.shtml

http://www.guardian.co.uk/science/2008/may/14/spaceexploration.military

http://ufos.nationalarchives.gov.uk/

http://dandare.wordpress.com/category/mod-ufo-files/