Luz intensa passa em Lisboa

Margarida Gaspar tem 50 anos, é técnica de desporto e vive na Rua Professor Mira Fernandes em Lisboa. A sua casa tem um terraço virado para a Calçada da Picheleira portanto para sul.
No dia 23 julho de 2018 foi acordada pelos seus cães e saiu da cama e foi para o terraço. Eram 03,50 horas de segunda-feira.

Viu vir de sul para norte uma luz branca muito intensa, que se deslocava numa altitude muito elevada. Essa luz que deveria ter uma magnitude inferior a Vénus deslocava-se muito rapidamente.

Luís Aparício