Mais fenómenos que contribuirão para falhas de interpretação ovnilógica

O aparelho é capaz de mostrar formas usando luz branca.

A AIST desenvolveu o projector com a cooperação da Universidade de Keio e a empresa Burton, de Kawasaki, no Japão. Até agora a projecção de imagens tridimensionais era artificial, utilizando ilusões de óptica para simular o efeito de profundidade.

O novo dispositivo, entretanto, cria imagens realmente em 3D ao utilizar um laser que, através de uma lente, indica pontos no espaço e cria emissões de plasma a partir do nitrogénio e oxigénio no ar no ponto de foco.

Durante uma demonstração, os lasers foram emitidos mais de cem vezes por segundo, formando imagens no ar a até 50 cm do aparelho. O calor da luz fez com que o ar se expandisse, produzindo estalos que pareciam pequenas explosões.

Por enquanto, o projector só consegue mostrar imagens até três metros de distância. Os pesquisadores esperam desenvolver aparelhos capazes de mostrar imagens coloridas e mais distantes, que poderiam ser utilizadas com publicidade e pirotecnia.