Nave Espacial em Tunguska

O cataclismo de Tunguska, ocorrido numa zona desértica da Sibéria, continua a constituir um dos maiores mistérios científicos do século XX.

A 30 de Junho de 1908, o que se julga ter sido um meteorito explodiu a alguns quilómetros de Tunguska, provocando uma onda de choque sentida em centenas de quilómetros em redor e desvastando uma zona de dois mil quilómetros quadrados de floresta siberiana. A natureza exacta do corpo que explodiu e a sua origem continuam um verdadeiro mistério. Lusa/fim Ricardo Tiago