Nova serie de avistamentos em Novembro e Dezembro de 2003

Era uma de fogo emitindo uma cabeleira de fogo. O fenómeno dirigia-se de norte para sul e não produzia qualquer baralho. As suas dimensões eram comparadas à duma bola de andebol. Considerando a velocidade bastante lenta do meteoro e a sua coloração branca pouco comum, a testemunha não conseguiu determinar a proveniência do objecto.
A Policia e a imprensa Local foram informadas sobre este acontecimento.

www.france-ovni.com/

Luis Aparício

———————————————————–

18 de Dez. 2003 – Ovnis de forma rectangular na Nova Zelândia

Dia 18 de Dezembro de 2003 houve duas observações independentes, uma na cidade de Hastings, ás 21h42, e cerca de 18 minutos depois, ás 22h00, uma observação muito semelhante na cidade vizinha de Napier. As testemunhas de Hastings observaram o fenómeno durante cerca de 30 minutos, enquanto as testemunhas de Napier observaram durante 15 minutos. No fundo não se trata de fenómenos diferentes, mas sim do mesmo fenómeno observado em localidades distintas. Em Hastings foram observados, no início, dois objectos movendo-se um contra o outro. Um deslocava-se no sentido Este-Oeste e o outro no sentido Oeste-Este. No momento em que quase se chocavam, um deles parou e o outro continuou a movimentar-se. Estava outro objecto no céu, com uma grande quantidade de luzes brilhantes, a maioria delas vermelhas e azuis. Em seguida apareceram outros objectos que se moviam em direcção das testemunhas, vindos do norte e do sul. A testemunha diz que todos estavam a uma altitude excessiva para se tratarem de aviões. Os objectos eram rectangulares e foi observada uma quantidade de oito no total.

Na cidade vizinha de Napier foi visto o que tudo leva a crer ser o mesmo fenómeno. Foram contados também cerca de oito a nove objectos rectangulares. As testemunhas dizem que todos os objectos estavam a mover-se até que pararam todos. Dois dos objectos afastaram-se a grande velocidade e a testemunha diz ter tirado uma fotografia a um que estava estacionário no céu. Todos eles eram brilhantes, com intensas luzes vermelhas e azuis. As testemunhas contactaram a base aérea de Wellington, relatando a sua observação e foi-lhes dito que o mesmo tinha sido observado em Wellington e que um piloto de avião estava no local nesse momento.

Fonte: NUFORC

http://www.nuforc.org Filipe Gomes

———————————————————–

Topo15 de Dez. 2003 – OVNI em forma de disco visto em Baling, Malásia

No dia 15 de Dezembro de 2003, ás 18h00, na localidade de Banggol Cicar, perto da cidade de Baling, foi visto um ovni durante cerca de quatro minutos. A localidade fica situada no norte do estado de Kedah, junto à fronteira com a Tailândia. Um rapaz de nove anos de idade viu um objecto em forma de disco, que voava lentamente e emitia uma luminosidade esverdeada. O ovni tinha um tamanho semelhante ao de um carro. O rapaz, chamado Mohamad Amirul Syafiq, declarou que no início pensava tratar-se de um avião prestes a despenhar-se. Logo em seguida chamou os amigos para observarem o objecto que estava acima da árvore coconut que fica atrás da sua casa. O amigo Mohamad Faiz Alias, de 12 anos, pensou que ele estivesse a gozar, mas disse que viram o objecto no ar, emitindo uma brilhante luz. Kamaruddin Othman, outra das testemunhas, também com 12 anos, disse que verificou não poder ser um avião, pois era totalmente silencioso. O seu pai, Othman Ahmad, de 54 anos de idade, disse ter conseguido ver o fenómeno antes deste ter desaparecido. Segundo a fonte original, há cerca de dois anos atrás ocorreu outro avistamento ovni na região, visto por um popular no momento em que se dirigia para a mesquita.

Fontes consultadas: NUFORC

http://www.nuforc.org / http://www.gatra.com /

http://asia.news.yahoo.com/031216/afp/031216071609top.html

Fonte original: New Straits Times Filipe Gomes Topo

———————————————————–

15 de Dez. 2003 – Ovnis vistos em Dublin, Irlanda
Em 15 de Dezembro de 2003, ás 07h45m, foram vistos dois ovni em Dublin, durante cerca de 15 minutos. A testemunha viu o fenómeno a partir do autocarro, quando se deslocava para a escola. Viu, através da janela do autocarro, um rectângulo de luz brilhante azulada no céu, que pensou logo não poder ser uma estrela ou algum aparelho aéreo convencional. Em seguida essa luz apagou-se e, a partir do local no céu onde ela estava localizada, saiu um objecto negro de forma triangular, deslocando-se rapidamente para a direita do campo de visão da testemunha, a cerca de 20º a Este. A testemunha perdeu de vista esse objecto, por dificuldades de observação devido ao facto de encontrar-se dentro do autocarro em movimento. O objecto triangular tinha uma luz em cada canto e uma das luzes piscava. A testemunha não crê poder tratar-se de algum avião, pois estava a cerca de 600 metros de altitude, ou seja, demasiado baixo para um avião comercial numa área urbana. Cerca de 10 minutos depois a testemunha voltou a ver a luz rectangular à sua esquerda, no mesmo local do céu onde tinha-a visto no início. Estava a mover-se e depois desapareceu num flash.

Nota: Não percebo se a testemunha queria dizer, no final da mensagem, que a luz rectangular tinha desaparecido rapidamente ou que, ao desaparecer, provocou um clarão final. Fica aqui a nota.
Filipe Gomes

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org Topo

———————————————————–

15 de Dez.2003 – Triângulo de luzes em Oslo, Noruega

Em 15 de Dezembro de 2003, ás 02h55, a testemunha observou três luzes brancas, que formavam um triângulo, acima de um monte, a cerca de um quilómetro e meio de distância. O fenómeno manteve-se visível durante uns 15 segundos e em seguida desapareceu por detrás do monte. Não foi ouvido nenhum som.
Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org
Nota: É de notar o facto deste caso ter antecedido o caso de Dublin em apenas algumas horas e não ter sido muito distante geograficamente. Nos dois casos são descritas luzes em triângulo. Filipe Gomes Topo

———————————————————–

12 de Dez.2003 – OVNI visto na Arábia Saudita
No dia 12 de Dezembro de 2003, a cerca de 40 km da localidade de Safaniah, no Golfo Pérsico, um pai e o filho, de 15 anos de idade, viajavam de carro numa estrada do deserto. Observaram um avião que foi logo facilmente identificável pelo pai, mas mais à frente, ás 4h05 (hora de Lisboa) da tarde(?), viram o que parecia ser outro avião, mas que estava a pairar sem se mover a uns 300 mt de altitude. As testemunhas pararam para observar melhor o suposto avião que continuava parado. A testemunha mais velha (pai), diz que parecia um avião de combate Harrier, como os que foram vistos durante a guerra do Golfo, mas este era de cor branca e, segundo a testemunha, muito belo. As testemunhas preparavam-se para virar à esquerda e aproximarem-se mais do objecto, mas este começou a deslocar-se para norte. O objecto deslocou-se a grande velocidade e deixou de se ver cerca de 10 segundos depois. Foi descrito como tendo uma forma de cápsula sem qualquer janela.

Fonte Consultada: Filer’s Files #51 – 17/12/2003.

http://www.ufoinfo.com/filer

Fonte Original: Peter Davenport – NUFORC

http://www.nuforc,org Filipe Gomes Topo

———————————————————–

7, 8 e 9 de Dez. 2003 – Observações aumentam nos Países Baixos
Houve um aumento no número de observações ovni na região dos Países Baixos, por volta dos dias 7, 8 e 9 de Dezembro.

Para saber mais pormenores consulte o site da NUFORC: http://www.nuforc.org.

Consulte também o espaço informativo Filer’s Files número #51, em:

http://www.ufoinfo.com/filer/2003/ff0351.shtml.

Filipe Gomes

———————————————————–

8 de Dez. 2003 – Ovnis filmados em Santiago do Chile

Foi no dia 8 de Dezembro de 2003, ás 15h00, hora local, que uma família de La Florida, na cidade capital do Chile, pôde assistir a um fenómeno bastante insólito sobre os céus da cidade. Elizabeth Smith, e restante família, foi alertada ás 15h00 em ponto por um dos seus filhos, que gritou ao ver o estranho fenómeno aéreo. Eram três objectos de formas romboídes que entravam e saíam de uma estranha nuvem. Um dos objectos era escuro e os outros dois eram prateados. A testemunha disse tratar-se de um fenómeno bastante estranho pois os três objectos pareciam fundir-se e formar um triângulo no céu. O fenómeno permaneceu por mais três minutos e em seguida afastou-se. Elizabeth rejeita a ideia de avião ou algo do género, devido à interacção que parecia haver entre os ovni e a estranha nuvem, que, salienta ainda, apareceu num dia de céu limpo.
Há pelo menos seis testemunhas deste fenómeno ovni, entre as quais está um jovem chamado Adrián, que diz ter filmado os ovni durante dois minutos, com a sua câmara digital.

Fonte: http://www.terra.cl/ovnis/index

Nota: Este é um caso bastante interessante, que demonstra mais uma vez a relação nuvem/ovni evidente num grande número de fenómenos ovni, onde parece haver uma nuvem, por vezes diferente das nuvens vulgares, que esconde o ovni. Existem vários casos deste tipo também em Portugal.

Filipe Gomes

———————————————————–

7 de Dez. de 2003 – Fenómeno luminoso em Yokohama, Japão

No dia 7 de Dezembro de 2003, ás 20h10, hora local, foi observada em Yokohama um fenómeno descrito pelas testemunhas como um objecto brilhante, que, antes de desaparecer, provocou um grande clarão amarelo. As testemunhas ficaram encadeadas com a luz que deixou um rasto amarelo no céu. O fenómeno deslocava-se lentamente através do céu. As testemunhas pensam que outras pessoas poderão ter visto o mesmo.

Fonte Consultada: Filer’s Files #51 – 17/12/2003.

http://www.ufoinfo.com/filer Fonte Original: Peter

Davenport – NUFORC http://www.nuforc.org

Filipe Gomes

———————————————————–

6 de Dez.2003 – Foto digital de OVNI diurno na Alemanha

No dia 6 de Dezembro, ás 13h00, hora local, foi fotografado um objecto estranho em Muenster, na Alemanha. A máquina digital utilizada foi uma 3.3 mega pixel. Não foi possível determinar a altitude do objecto, que se deslocava lentamente através do céu. A testemunha que tirou a fotografia, juntamente com o irmão, analisou a foto no computador, utilizando o zoom e outras potencialidades. O irmão da testemunha é piloto e fotógrafo aéreo e afirma nunca ter visto nada semelhante. Crê não se tratar de um balão. Por dificuldades de tradução transcrevo o texto original onde descreve o aspecto do ovni: (…) “ It’s like a miss-shaped balloon, with a black hole pointing to the front and down, and a large “gouge” out of it’s side.”(…).

Fonte Consultada: Filer’s Files #51 – 17/12/2003. http://www.ufoinfo.com/filer

Fonte Original: Peter Davenport – NUFORC
http://www.nuforc.org
Filipe Gomes

———————————————————–

5 de Dez.2003 – Fenómeno luminoso na Nova Zelândia

No dia 5 de Dezembro de 2003, ás 21h45, hora local, em Moerewa Bay, na Ilha do Norte, foi observado um fenómeno estranho pelas testemunhas, a partir da sua zona de residência. Era uma luz extremamente brilhante que apareceu no céu, a Oeste do local onde vivem as testemunhas. A luz manteve a mesma luminosidade durante uma meia hora, mantendo também sempre a mesma posição. Em seguida tornou-se muito fraca, mas voltou a brilhar de novo, ainda mais intensamente que no início, e em seguida desapareceu num rápido clarão.

Fonte Consultada: Filer’s Files # 51 – 17/1272003 http://www.ufoinfo.com/filer

Fonte Original: Peter Davenport – NUFORC http://www.nuforc.org Filipe Gomes6 de Dez. – Foto digital de OVNI diurno na Alemanha Filipe Gomes

———————————————————–

2 de Dez. de 2003 – Luzes côr-de-laranja em Inglaterra

Na noite do dia 2 de Dezembro de 2003, por volta das 23h00, em Hunts Cross, Liverpool, várias testemunhas poderam observar uma formação de um total de nove luzes côr-de-laranja no céu, a uma altitude aparentemente elevada. Na frente seguia uma fila de três luzes, próximas entre si, seguidas de outra formação de três, com duas luzes lado a lado e uma mais fraca logo atrás. No final da formação seguiam ainda outras três luzes, desta vez numa formação triangular, com duas à frente e uma atrás. As três luzes dianteiras pareciam parar e esperar, de seguida as três luzes do meio pararam até que o último conjunto de três luzes as alcançasse. As testemunhas não conseguiram observar mais devido à nebulosidade do céu.

Fonte Consultada: Filer’s Files #51 – 17/12/ 2003. http://www.ufoinfo.com/filer

Fonte Original: Peter Davenport – NUFORC http://www.nuforc.org Filipe Gomes Topo

———————————————————–

2 de Dez.2003 – OVNI com luzes pulsantes observado em Tulum, México

Em 2 de Dezembro de 2003, ás 21h00m, na localidade de Tulum, que fica na Península do Iucatão, foi observado um estranho fenómeno aéreo. Quatro testemunhas observaram no céu o que parecia ser uma estrela muito brilhante, mas observando através de binóculos, notaram que na realidade tratava-se de um objecto em forma de cigarro e que tinha luzes semelhantes aos holofotes de um estádio e de variadas cores. Luzes essas que pulsavam. Cerca de duas horas depois, repararam que o objecto charutóide alterava a sua forma periodicamente, alterando-a para uma forma circular, mas mantendo todas as luzes coloridas. O fenómeno foi observado durante cerca de quatro horas.

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org

Filipe Gomes

———————————————————–

1 de Dez.2003 – Formação de Ovnis em forma de disco vista em Melbourne, Austrália

No dia 1 de Dezembro de 2003, ás 16h24m, foi avistado um conjunto de ovni de aspecto discoíde, na cidade australiana de Melbourne. A testemunha tinha organizado uma festa na sua casa com os amigos, e mais tarde decidiram dar uma volta. Passados cerca de 10 minutos de passeio, decidiram voltar, mas um deles chamou a atenção dos outros para um grupo de objectos em forma de disco, que voavam rapidamente, em formação, a cerca de 800-900 metros no céu acima das testemunhas. As testemunhas consideraram a experiência como tendo sido assustadora.
Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org
Nota: Este caso parece ter algumas semelhanças com a observação na Córsega, pelo menos no que toca à observação de um conjunto de objectos em forma de disco.

Filipe Gomes

———————————————————–

28 de Nov.2003 – OVNI em Froideville, Suíça
No dia 28 de Novembro de 2003, sexta-feira, por volta das 12h00 ( hora local ), 11h00 da manhã em Lisboa, foi observado um objecto voador anómalo, na localidade suíça de Froideville. O objecto tinha uma forma semelhante à de uma bola de rugby e foi observado por um total de três testemunhas da mesma localidade. A primeira testemunha foi uma senhora que observou, frente à janela da sua cozinha, o objecto a deslocar-se verticalmente, tendo havido no mesmo momento um corte de energia total na casa. A segunda testemunha, um vizinho da mesma senhora, viu um objecto, descrevendo-o de forma igual, mas, em vez de ter havido um corte de energia, na sua casa os electrodomésticos começaram a funcionar espontaneamente. Houve ainda uma terceira testemunha do fenómeno. O objecto produzia um barulho semelhante a um ronronar. Todas as três testemunhas avisaram as autoridades policiais, que deslocaram-se ao local para apurar os factos. A polícia fez apelos à aviação civil e militar na tentativa de saber se àquela hora algum avião teria sobrevoado a zona e deixado cair algo, como algum pedaço de gelo de uma asa, mas não foi o caso. Foi ainda posta a hipótese de ter sido algum foguete feito por algum amador, visto ser fácil encontrar na internet planos para a construção de engenhos deste tipo. O local foi investigado por uma equipa da polícia especialista em explosivos, mas não foi encontrado nada de suspeito. Fazendo uma recolha de testemunhos junto à população, questionando sobre alguma quebra de electricidade, alguns populares disseram ter ouvido um ronronar suspeito e três pessoas disseram ter visto um objecto em forma de bola de regby, foram essas três testemunhas que telefonaram para a polícia. Pierre Blanchoud, pesquisador do fenómeno ovni há 50 anos, em declarações ao jornal suíço 24 Heures, afirma que a recolha de casos ovni na Suíça é rara, devido à natureza tímida de população, daí considerar este caso interessante pois as testemunhas tiveram a iniciativa própria de avisar a polícia. Sobre a forma do objecto o investigador afirmou que não são comuns aparelhos de pequenas dimensões com o aspecto de bola de regby, é mais comum terem forma esférica, como se fossem pequenos sóis. Uma das testemunhas, mais propriamente Philippe Michou, em entrevista ao mesmo jornal suíço, declarou já ter observado ovnis em Froideville em várias ocasiões. A primeira observação foi em Janeiro de 1983, tendo visto umas luzes no campo, frente a casa. A segunda vez foi no verão do mesmo ano, nos dias 6 e 9 de Agosto, dias em que viu um objecto de uns 80 cm de comprimento e 30 de diâmetro que pairava e emitia um ligeiro zumbido. Na noite de 15 de Agosto de 1983 foi testemunha, junto com a sua mulher e filha, de um fenómeno composto por três luzes amarelas vistas acima da floresta. A testemunha fez sinais de luzes com uma lanterna e cerca de 45 minutos depois apareceu um objecto vermelho-alaranjado, em forma de igloo, que parecia ter uns 15 mt de diâmetro na base. Esta testemunha diz ter visto mais fenómenos na zona. Questionado sobre o motivo de tantos casos naquela área a testemunha especulou sobre a possível importância das linhas de alta-tensão que existem no local, que poderiam funcionar como uma espécie de atracção aos ovni. No dia 6 de Dezembro, o jornal suíço 24 Heures, acrescentou mais alguns factos interessantes ao caso, como a possibilidade de uma criança de 10 anos ter estado junto ao objecto. Existem alguns erros de informação pois nesta notícia é dito que o objecto se deslocava horizontalmente ao contrário do que tinha sido dito anteriormente, mas é mais provável ter sido deste último modo, como vão perceber já de seguida. Na tentativa de descrever uma possível trajectória do objecto, a partir das declarações das testemunhas, chegou-se ao seguinte resultado: O objecto terá vindo do norte da localidade, da zona de Bottens, deslocado-se na direcção de Montheron e terá voltado para trás, virando em frente ao Café de l’Ecureuil. Uma criança de 10 anos estava dentro de casa e viu o objecto, que descreveu como vermelho-alaranjado, objecto esse que terá entrado dentro da casa e rodeado a criança várias vezes. A criança, em pânico, refugiou-se no primeiro andar. O objecto prosseguiu a sua rota a leste, já do lado oposto da localidade e em seguida voltou à zona de onde tinha vindo, descrevendo assim uma trajectória circular. O 24 Heures noticia ainda que, testemunhas que estavam na floresta de Jorat, terão visto, não a “bola de rugby voadora”, mas sim um objecto muito mais volumoso a pairar no céu, estacionário. Este é sem dúvida um caso muito interessante, cheio de declarações extraordinárias e que poderá não se tratar de nenhuma fraude. A serem reais todas as declarações das testemunhas, tudo aponta para que fosse um tipo de sonda largada pelo objecto maior, visto a pairar no céu, que teria feito uma prospecção na localidade, revelando um grande interesse na criança de 10 anos. Não posso deixar de referir a grande semelhança com o caso ocorrido em Setembro de 2001, no Baixo Alentejo, do qual já falei aqui, em que a testemunha me falou, se não me engano, de um objecto por entre as árvores em forma de bola de rugby. É um caso que, depois deste, deverá ser mais investigado. E poderei muito em breve obter mais pormenores sobre este último caso.

Fonte Consultada: Le Journal de l’Ufologie – http://www.lejdu.com

Fonte Original : 24 Heures de 29/11/2003, pp. 25. 24 Heures de 2/12/2003, pp.26. 24 Heures de 6/12/2003. http://www.24heures.ch

Filipe Gomes

———————————————————–

24 de Nov.2003 – Duas estranhas luzes observadas em Guwahati, Índia

No dia 24 de Novembro de 2003, ás 17h50, hora local, foram observadas no céu duas luzes semelhantes a estrelas, na capital do estado indiano de Assam. A mãe da testemunha estava a observar o planeta Marte, num final de tarde de céu claro, e chamou a atenção para um luz tipo estrela, que se movia no céu, abaixo deste mesmo planeta. A testemunha pôde então observar a luz brilhante, que se movia abaixo de Marte, no sentido sul-norte e a grande altitude. A testemunha diz ainda que não a teria distinguido de uma estrela, se esta mesma luz não se estivesse a mover. A testemunha decidiu telefonar para a sua empregada, que confirmou a observação não de uma mas de duas luzes. As duas luzes, que não pareciam fazer parte de um mesmo objecto, mas sim moverem-se de forma individual, estavam próximas entre si e moviam-se em ziguezague, em direcção ao norte. Passados três minutos alteraram o seu curso, passando a dirigir-se para oeste até as testemunhas perderem-nas de vista. A testemunha ainda contactou o controlo aéreo do aeroporto de Guwahati na tentativa de saber se alguma aeronave sobrevoava o local nesse momento, recebendo uma resposta negativa.

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org

Filipe Gomes

———————————————————–

24 de Nov. 2003 – OVNIS ESFÉRICOS NO CHILE

AUMENTAM OS AVISTAMENTOS DE OVNIS ESFÉRICOS

Testemunhas asseguram haver observado estranhas esferas em Providencia. O investigador Rodrigo Fuenzalida explica que estes casos têm aparecido nas últimas duas semanas em diversas regiões do Chile.
SANTIAGO, 24 de Novembro 2003. No passado fim de semana, um grupo de jovens universitários avistou um estranho corpo ovóide que circulava cerca das 18:30 horas sobre a ponte do Arzobispo, em pleno concelho de Providencia. Francisco Aravena, de 25 anos foi uma das seis testemunhas desta a anomalia espacial disse à Terra.cl: “o objecto branco-brillante se deslocava lentamente a partir de Oeste com direcção a Nordeste, passando por detrás das Torres de Tajamar, para logo mudar de una forma circular a outra similar a um ovo, para posteriormente dirigir-se ao monte Manquehue”. Aravena : “Nos chamou a atenção que este estranho objecto sobrevoara a capital a tão baixa altura, a não menos de mil metros, apresentando alterações na sua estrutura “. No entanto, para Rodrigo Fuenzalida, Director do Agrupación de Investigaciones Ovnilógicas de Chile (AION), o fenómeno descrito por Aravena resulta particularmente interessante em virtude de casos similares se registarem em outras localidades do país: “Durante as dos últimas semanas e se reactivaram os casos de avistamento ovni do tipo esfera, apresentando como característica comum o chamado chamado “polimorfismo” o cambio de forma. Por ele destacaram-se os casos recolhidos en Cochrane, Rengo e Los Vilos, aparecidos na XI, VI y IV Regiões respectivamente. O informador disse que o ovni de Providencia, regista os mesmos padrões dos últimos casos observados sobre o monte San Cristóbal e na cidade de Maipú”.

Fonte TERRA-CHILE Lucia Beatriz Schneider Topo18 de Nov. 2003 – Formação em V de objectos ovais vista em Roskilde, Dinamarca

———————————————————–

Em 18 de Novembro de 2003, ás 04h00 (da tarde?), dois amigos, que pescavam num lago, avistaram cerca de dez a quinze objectos ovais, que voavam numa formação em V. As testemunhas pescavam há algumas horas, sem terem conseguido apanhar nada até ao momento. A atenção da testemunha foi desviada para a formação de objectos estranhos, pelo seu colega de pesca. Eram cerca de dez a quinze objectos de forma oval, com cerca de 5 metros de comprimento, que voavam lentamente através do céu, numa formação em forma de V. As testemunhas ainda pensaram na possibilidade de se tratar de algum tipo de avião ou helicóptero, mas notaram depois a ausência de qualquer tipo de som. A formação de objectos ovais alterou a direcção do seu movimento e começou a deslocar-se no sentido das testemunhas. A formação aumentou a sua velocidade e passou mesmo acima do local onde as testemunhas se encontravam, não sendo notada nenhuma luz na parte inferior dos objectos. A testemunha sentiu, no momento da passagem da formação, um aumento considerável da temperatura e uma sensação de queimado em todo o corpo. A formação de objectos afastou-se rapidamente e não deu tempo para o seu colega tirar alguma fotografia com a máquina que traz sempre consigo.
A testemunha diz que a partir desse dia tem tido dificuldades em dormir, mas no entanto não fica cansada durante o dia, como se a formação de objectos lhe tivesse recarregado com a sua energia. A testemunha diz ainda que, desde o seu primeiro ataque em 1998, tem tido problemas de coração, que o impedem de fazer exercício e desporto, mas agora sente-se muito melhor e até conseguiu fazer um jog de 6 km, sem nenhum problema. A testemunha consultou o seu médico, sem lhe ter falado na experiência, que ficou espantado com a sua recuperação física. A testemunha considera, compreensivelmente, ter sido a melhor coisa que lhe aconteceu na vida.

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org

Nota: Este caso recente é extremamente interessante, principalmente pelas sensações físicas sentidas pelas testemunhas e a aparente resolução da disfunção cardíaca de uma delas, que, tudo leva a crer, teve origem na sua experiência insólita.

Filipe Gomes

———————————————————–

16 de Nov.2003 – Ovnis observados na Ilha da Córsega, França

Foi ás 06h30 da manhã, de 16 de Novembro de 2003, em Santa Bonifácio, Córsega, a partir do 2º andar do Hotel Royal, que duas testemunhas avistaram objectos voadores com a forma de disco. Era ainda escuro e a testemunha abriu as janelas para olhar para a rua. Viu então um conjunto de ovnis em forma de disco, com uma cor brilhante, semelhante à da Lua, e que vinha do interior dos mesmos. Os ovni apareceram aos pares e não individualmente. Moviam-se rapidamente, num sentido ascendente. A partir da sua janela, olhando para uma enseada que havia na costa seguida de altas escarpas, viu dois dos objectos descerem em voo picado sobre a água e depois ascenderem sobre a escarpa. A testemunha diz ter contado cerca de 12 objectos no total. A irmã da testemunha também viu o fenómeno depois desta lhe ter dito para vir à janela ver. A testemunha estava numa visita de fim-de-semana à Córsega. Disse que estava a ensinar, na ilha de Santa Stefano, como instrutor ao serviço da marinha norte-americana, a bordo do USS Emory S. Land.

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org

Nota: Pode haver alguma falha na tradução da mensagem original, por isso aconselha-se a consulta da fonte original. Este caso é bem interessante e não se pode deixar de fazer um paralelo com o caso na Austrália, onde também se viu um conjunto de ovnis em forma de disco.

Filipe Gomes

———————————————————–

15 de Nov.2003 – Ovni visto durante três dias em Selçuk, Turquia

Em 15 de Novembro de 2003, na localidade turca de Selçuk, perto das ruínas de Éfeso, foi visto um fenómeno luminoso, em forma de mesquita(?), que pairava no ar, de côr vermelha, provocando flaxes semelhantes a trovoadas. O fenómeno veio de três locais diferentes e foi visto durante três noites. Foi captado em filme e amigos da testemunha dizem ter visto o mesmo objecto noutro local.

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org

Nota: A mensagem da testemunha, enviada à NUFORC, está muito incompleta, sendo difícil perceber o que verdadeiramente ocorreu no local. A testemunha fala do objecto como tendo forma de igreja (LIKE A CHURCH FLASHING RED), mas o mais provável é querer dizer com forma de mesquita.

Filipe Gomes

———————————————————–

2 de Nov.2003 – Possível OVNI fotografado acidentalmente em Seul, Coreia do Sul

Em 2 de Novembro de 2003, por volta das 13h19m, na capital da Coreia do Sul, a testemunha tirou uma série de três fotos ao seu filho, fotos essas tiradas de seguida, num espaço de tempo de um segundo. Na revelação das mesmas, a testemunha notou uma forma estranha apenas na segunda foto. Trata-se de um objecto em forma de prato, que aparece acima da montanha, e com uma inclinação de uns 45º.

Fonte: NUFORC http://www.nuforc.org

Nota: São muito comuns casos semelhantes a este, em que aparecem fenómenos estranhos, muitas vezes ovni, em fotos. No momento não são notados, mas depois aparecem na revelação. É interessante o facto de só ter aparecido na foto do meio.

Filipe Gomes