Ovnis no Planetário

Costumo ir a actividades da Ciência Viva no verão, e naquele dia tinha agendada uma actividade às 21h30 no planetário de Lisboa em Belém para observarmos o céu de Lisboa à noite através de binóculos.
Depois de uma apresentação no interior do planetário o palestrante guiou-nos ao exterior onde já se encontravam os telescópios montados para a respectiva observação. 

Sou uma pessoa mais atenta ao céu que me rodeia desde as duas experiências  com objectos que nunca consegui identificar que tive na minha vida e por isso naquela noite quando estava à espera da minha vez de observar pelo telescópio observo centenas de luzes a cintilar e a deslocarem-se a uma velocidade impressionante.
A formação das “estrelas” ou “Luzes” nao era uniforme,  ou seja, à medida que se deslocavam ganhavam formas diferentes.

Exemplo: enquanto que a formação de um bando de patos é sempre em V durante quase toda a viagem, este conjunto de objectos era em circulo passados 10 segundos,  para oval e depois alternava forma geométrica indescritível. De realçar que estas formas eram imperfeitas.

Viajavam a mais de 11000 metros de altitude e comparando estes objectos com um avião que voa a 11000 e a 800 / 900km/h,  voavam o triplo desta velocidade.
O avistamento foi feito de noite e a cor era prateada.
Possível numero, centenas…  está a ver um enxame de abelhas juntas? assim era aquilo mas numa proporção maior. 
Um enxame nunca se encontra com a mesma forma geométrica quando voam, pois nao? assim era aquilo.
 

Questionei à pessoa que estava responsável pelos telescópios à qual me respondeu que no ano passado aconteceu a mesma coisa e nao sabia dizer que fenómeno estava a ocorrer.
Obrigado
 
RUI SILVA
 
Nota:
Esta descrição quase parece o relato das massas de ovnis vistos em Almada pela Ana.