Palestra dos Navegantes – As Aparições Marianas

Em muitos casos o(a) vidente é possuidor de um élan fora do normal, reunindo à sua volta uma autêntica legião de seguidores.

No decorrer da palestra, tentaremos analisar as diferentes roupagens das aparições marianas e os diversos efeitos sobre as testemunhas e sobre os videntes.
Muitas vezes quando se fala de aparições marianas, pensa-se logo em Fátima, mas em outras partes de Portugal houve acontecimentos semelhantes.

No dia 16 de Janeiro de 2004, uma nuvem anormal, emitindo diversas cores e formando dois círculos, ficou parada sobre a capela onde se deu a aparição de 1954 na Asseiceira, enquanto se rezava o terço. A cerimónia fazia parte das celebrações do cinquentenário de uma das mais importantes aparições registadas em Portugal em tempos recentes.
No fim do terço a nuvem afastou-se para sul, tudo fazendo crer que se tratava de um objecto voador não identificado.

Como neste caso, o fenómeno ovni parece estar associado a muitas outras situações de aparições marianas.

Talvez pudéssemos dizer que os ovnis são parte integrante espectáculo da aparição.

Poderá o divino utilizar-se dos ovnis, para abrilhantar os espectáculos das aparições marianas?
Qual tem sido a reacção do clero e do poder instituído?

Sobre o palestrante…

Luís Aparício Pesquisador ovni, desde 1978, membro do CECOP-Centro de Estudos Cosmológicos e Parapsicólogos e da ex-APPO, faz actualmente parte da direcção da APO-Associação de Pesquisa Ovni.
Já percorreu em Portugal as diversas zonas onde se realizaram as muitas aparições marianas, tendo falado e entrevistado testemunhas, e uma vidente, ainda viva.

Ao lado direito encontra-se Luis Aparicio, o tio e a viúva do vidente Carlos Alberto Delgado, falecido em 1980. Este vidente protagonizou a mais espectacular Aparição Mariana que houve em Portugal no século passado, entre 16 de Maio de 1954 e 16 de Janeiro 1955.

Local da Palestra:

Hotel Comfort Príncipe
Av. Duque de Ávila, 201
Lisboa

Sábado, 20 Janeiro de 2006 19:00 Horas

Contribuição sugerida para despesas: 5 euros