PARAÍBA, TERRA DOS MISTÉRIOS

A pedra, segundo o ex-conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba, Luiz Nunes, tem uma extensão de cerca de um quilômetro por quase três de altura e começou a explodir e rachar de uma hora para outra.
“Os moradores estão assustados com o fenômeno que vem acontecendo no Sítio Escondido, próximo a Água Branca.

Já comuniquei o fato a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais da Paraíba (CDRM-PB) para que uma analise seja feita e se descubra o que causou as explosões”, afirmou.
Segundo o professor Aldo Nunes, que esteve no local, a população local conta que as explosões aconteceram há duas semanas. “Eles disseram que as explosões pareciam bombas e foram várias, da noite para o dia. Acho que se trata de alguma espécie de gás e pode até ser alguma espécie de minério quem sabe”, disse.

O professor contou que os moradores da região ficaram tão preocupados com o acidente geológico que chamaram o padre da região para rezar no local. “Realmente, é intrigante o que aconteceu. A gente sabe que para explodir uma rocha como aquela só algo muito forte. Fiquei uns 20 minutos parado em cima da pedra tentando uma explicação para o fenômeno”, acrescentou o professor dizendo que na hora em que subiu no lajedo não teve medo de novas explosões.

Fonte:
http://jornal.onorteoFernanda Medeiros Repórter nline.com.br/
Dia 25/01/06