Poderosas ondas de rádio

A equipa de astrónomos liderada por Scott Hyman (Sweat Briar College, Viriginia, EUA) detectou este fonte emissora, utilizando um radio telescópio de longo alcance situado no Novo México.

Estes sinais rádio têm origem num ponto perto do centro da Via Láctea e cada sinal dura cerca de 10 minutos, repetindo-se regularmente com intervalos de 77 minutos. Segundo os astrónomos, o formato e a dimensão dos sinais emitidos, deixam de parte quaisquer fontes conhecidas, tais como as Pulsar.

Há a possibilidade de este objecto ser uma Magnetar (estrela neutrão com um campo magnético ultra forte) e segundo Hyman ” as Magnetar acumulam imensa energia que libertam nas explosões que observamos” ; “mas poderá ser também algo inteiramente novo”.

Na tentativa de desvendar este fenómeno, a equipa continua as suas pesquisas, utilizando para tal o radio telescópio “Green Bank”, West Virginia e espera poder utilizar o telescópio espacial “Chandra”, propriedade da NASA, para verificar se também há emissões de Raios -X.

(Revista de referência- “Nature” – vol. 434, pág. 50).