Vaticano

O sacerdote argentino está à frente do Observatório desde 19 de agosto, quando foi nomeado pelo papa Bento XVI para substituir George Coyne, que deixou seu cargo depois de 26 anos.

– Acredito que a vida pode ter se desenvolvido em outros sistemas solares. Pensemos que o universo é composto por milhares de milhões de galáxias e que cada galáxia é composta também por milhares de milhões de estrelas – disse Funes, um cientista reconhecido mundialmente. – É possível que existam estrelas semelhantes a nosso Sol e planetas parecidos com a Terra – acrescentou Funes em entrevista à agência Ansa, logo após retornar de Praga, onde os astrônomos resolveram que o sistema solar tem somente oito planetas e não nove.

Entretanto, disse, “até hoje não existem provas sobre a existência de outras formas de vida. De qualquer modo, se existissem, os extraterrestres para a teologia não seriam um problema, eles também seriam criaturas de Deus”. O religioso brincou dizendo que “se existissem ETs deveriam ser considerados nossos irmãos. Se São Francisco falava de seu irmão lobo, nós temos que falar de irmão ET”.